Não sei se já contei isso antes para alguém, mas quando eu tinha 16 anos e estava começando o terceirão um amigo de turma muito próximo e que eu era “afins” morreu. Assim. Sem explicação. Na verdade foi um jeito bem bobo. Ele estava cortando a grama num dia de sol, passou com o cortador sobre o fio da energia e foi eletrocutado. Foi horrível.

Depois, mais tarde, alguns outros amigos meus bem íntimos também morreram. Sempre que penso neles, penso em seus segredos que estão guardados comigo e que foram para o túmulo com eles. Se eles fossem escrever as suas Memórias Póstumas, certamente algumas passagens se refeririram a mim. Será que devo revelar esses segredos a alguém?